domingo, 26 maio, 2024
domingo, 26 maio, 2024

Prefeitura antecipa cadastro para planejar vacinação

Em

Conforme determinação do prefeito David Almeida, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) irá antecipar o planejamento de imunização do segmento de pessoas de 18 a 59 anos, com comorbidades, embora o município ainda não tenha recebido as doses necessárias para vacinação desta faixa etária.  “Estamos usando a tecnologia para realizar uma campanha segura e bem orientada, que garanta o atendimento da nossa gente com eficiência, transparência e com a maior celeridade possível”, afirma o prefeito, destacando que Manaus tem apresentado os melhores resultados de vacinação no país, mantendo a liderança na quantidade de grupos populacionais atendidos e no número proporcional de pessoas alcançadas. “Ultrapassamos a marca de 10% da população vacinada com a primeira dose e fomos os primeiros a contemplar os idosos de 60 anos. Agora, nos antecipamos, ajustando o planejamento operacional para a próxima etapa prevista pelo Ministério da Saúde, voltada para pessoas com doenças que podem ser agravadas pela Covid”, disse David Almeida.

O cadastramento prévio, segundo a secretária municipal de saúde interina, Aline Rosa Martins, irá facilitar o processo de vacinação, quando a próxima etapa da campanha for aberta. “O sistema vai permitir que a secretaria contabilize a quantidade de pessoas, por tipos de comorbidade, e que faça o agendamento para os postos de vacinação de acordo com as doses disponíveis e com as prioridades de atendimento”. Aline destaca que o cadastro já vinha sendo utilizado para os idosos e que o sistema ganhou uma nova janela para o registro do novo grupo.

Para fazer o cadastro, o usuário deve acessar o Imuniza Manaus, pelo link https://imuniza.manaus.am.gov.br/, escolher o botão “Comorbidades” e preencher as informações solicitadas. Além dos dados pessoais (nome, data de nascimento, endereço e telefone), a pessoa deverá marcar as comorbidades que possui, dentre as 22 opções apresentadas pelo sistema. A lista de comorbidades segue o padrão definido pelo Ministério da Saúde. Pessoas que estejam na faixa etária de 18 a 59 anos e que não tenham comorbidades podem realizar o cadastro no Imuniza como antecipação do registro para fases posteriores da campanha.

O cadastramento prévio, segundo a secretária municipal de saúde interina, Aline Rosa Martins, irá facilitar o processo de vacinação

Comorbidades

O subsecretário municipal de Gestão da Saúde, Djalma Coelho, informa que, para atender o público com comorbidades, inicialmente a Semsa vai utilizar prioridades definidas em parceria com o Conselho Regional de Medicina (CRF-AM) e Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), a partir de critérios epidemiológicos.

Os três órgãos analisaram as estatísticas cruzadas de internação e óbitos de pacientes com Covid-19 na capital, e identificaram que as cardiopatias, o diabetes e a obesidade mórbida (IMC >40) deverão ser as condições prioritárias na próxima etapa de vacinação. Pacientes com essas doenças tiveram índices de letalidade mais altos que os demais portadores de comorbidades infectados pelo novo coronavírus.

A definição de prioridades por critérios epidemiológicos é necessária, de acordo com o subsecretário, pela indisponibilidade de vacinas para o atendimento de 100% do grupo com uma única remessa. A estimativa é de que existam aproximadamente 500 mil pessoas com comorbidades em Manaus. “Vamos fechar a estratégia de atendimento gradativo, utilizando, além das prioridades, outros critérios como a faixa etária e o atendimento escalonado em ordem decrescente, a ser detalhado pela Divisão de Imunização, seguindo as orientações do Ministério da Saúde e da FVS e, quando necessário, as resoluções da CIB (Comissão Intergestores Bipartite)”, frisa Djalma.

Laudo médico ou outros documentos comprobatórios serão necessários para garantir o direito à vacina. As doenças elencadas pelo Ministério da Saúde para nortear a vacinação na nova etapa da campanha são:

Anemia falciforme

Arritmias Cardíacas

Cardiopatia hipertensiva

Cardiopatias Congênitas no adulto

Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar

Diabetes Mellitus

Doença Cerebrovascular

Doenças Cardiovasculares

Doença Renal Crônica

Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas Arteriovenosas

Hipertensão Arterial estágio 3

Hipertensão Arterial Resistente (HAR)

Hipertensão Arterial estágios 1 e 2 com LOA e/ou comorbidade

Insuficiência Cardíaca (IC)

Imunossuprimidos

Miocardiopatias e Pericardiopatias

Obesidade Mórbida

Pneumopatias crônicas graves

Próteses Valvares e Dispositivos Cardíacos Implantados

Síndromes Coronarianas

Síndrome de Down

Valvopatias

Compartilhar
Tags

Mais lidas

Recentes

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.