quarta-feira, 29 maio, 2024
quarta-feira, 29 maio, 2024

Defensoria Pública agenda atendimentos para famílias do ‘Nossa Merenda’

Em

A Defensoria Pública do Estado (DPE-AM) criou uma força-tarefa para atender demandas decorrentes da retomada do programa “Nossa Merenda”, da Prefeitura de Manaus, que fornece às famílias o valor de R$ 50 mensais por aluno matriculado na rede municipal. O foco da Defensoria é a regularização de guarda das crianças junto às famílias beneficiadas em meio à pandemia de Covid-19.

Nas últimas semanas, a DPE-AM tomou conhecimento de que diversas famílias não estão recebendo o cartão que permite acesso ao benefício do “Nossa Merenda”, por não possuírem a guarda legal das crianças. “Tem sido o caso de estudantes em que o cadastro do programa foi feito no nome do pai, mas essa criança hoje reside com outros membros da família, como os avós, por exemplo”, explica o defensor público geral do Amazonas, Ricardo Paiva.

Famílias que estejam com esse tipo de problema podem agendar atendimento específico com a Defensoria, a partir desta segunda-feira (29/03). Basta ligar para o telefone 129. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h. Durante a chamada, a pessoa deve selecionar a opção para atendimento de “Família”, e informar a dificuldade para receber o cartão.

Após o agendamento, o atendimento às famílias começa no dia 5 de abril. Todo processo vai ocorrer de maneira virtual, por meio do aplicativo de mensagens Telegram. Isso evita aglomerações e permite que a população não precise sair de casa para ser atendida, conforme ressalta o defensor público geral.

“A Defensoria sabe a importância desse auxílio financeiro e a diferença que ele faz na vida das famílias. Por isso montou essa operação para dar celeridade nesse tipo de demanda. Vamos fazer o possível para que elas possam ser, de fato, beneficiadas pelo programa ‘Nossa Merenda’ o quanto antes”, afirmou Paiva.

Outras reclamações

Famílias que tiverem outro tipo de reclamação relacionado ao “Nossa Merenda” ou outro programa de alimentação dos jovens em idade escolar também podem buscar a DPE-AM. Mas, nesse caso, o atendimento é feito pela 1ª Defensoria Pública de 1ª Instância da Infância e Juventude. Basta enviar mensagem pelo aplicativo Telegram para o número (92) 98429-0037. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.

“Caso você seja o pai, a mãe ou tenha a guarda legal do estudante e ainda esteja enfrentando dificuldades para receber o cartão, por exemplo, pode acionar a Defensoria da Infância e Juventude. Nós também podemos atuar em qualquer outra dificuldade que a família esteja enfrentando com relação aos programas de merenda escolar”, explica a defensora pública Juliana Lopes, coordenadora do Núcleo de Defesa da Criança e do Adolescente (Nudeca/DPE-AM).

Demais atendimentos

A Defensoria Pública é o órgão responsável por prestar assistência jurídica gratuita à população que não tem condições de pagar por esse serviço. Quem precisa ser atendido pela Defensoria pode consultar o Guia Virtual de Atendimentos, no site https://defensoriaam.com/guia-agendamento/.

No Guia Virtual, o cidadão seleciona uma modalidade de atendimento de acordo com o serviço que precisa e recebe as informações necessárias para ser atendido pela Defensoria sem sair de casa, por meio do aplicativo Telegram.

Compartilhar
Tags

Mais lidas

Recentes

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.