quinta-feira, 20 junho, 2024
quinta-feira, 20 junho, 2024

Em 2019, 31,2% dos estudantes do Amazonas não utilizaram a internet

Em

A Pnad Contínua sobre Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC mostra que a falta de serviço de rede impediu 19,6% da população de acessar à internet, em 2019. Entre os estudantes do Estado, 31,2% não utilizaram a internet no período de referência da pesquisa (último trimestre do ano).

No Amazonas, 19,6% dos domicílios pesquisados não acessaram a internet por falta de serviço de rede, percentual que representa o segundo maior dentre todos os Estados do país, menor apenas do que o do Acre (30,6%).

Além disso, 67,7% da população de 10 anos ou mais no Amazonas possuía telefone móvel, em 2019. E 9,4% das pessoas que não possuíam celular para uso disseram que o motivo para não possuírem os telefones era a falta de serviço de telefonia móvel disponível, percentual também inferior apenas ao do Acre (20,7%).

Outro percentual expressivo para o Amazonas diz respeito aos domicílios que utilizaram a internet: em 99,8% deles, o telefone celular era utilizado para esta finalidade. Além disso, 32,9% dos domicílios do Estado possuíam serviço de televisão por assinatura, o maior percentual das Regiões Norte e Nordeste.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, com tema suplementar sobre Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC 2019, nos aspectos de acesso à Internet, à televisão e posse de telefone móvel celular para uso pessoal, divulgados hoje (14), pelo IBGE.

Destaques

  • Os estudantes do Amazonas, em 2019, tiveram o segundo menor percentual entre as unidades da federação em relação a utilização da internet, com 68,8% acessando a rede; percentual superior apenas ao do Maranhão (63,9%). Em Manaus, o percentual foi de 85,7%.
  • Em 78,2% dos domicílios havia uso da internet no Amazonas. Em 2016, eram 63,3%.
  • Em 99,8% dos domicílios, o celular era usado para acessar a internet; em 29,7%, usaram o microcomputador para acesso; em 12,6%, utilizaram a televisão, e em 6,9%, utilizaram o computador ou tablet para acesso, no Amazonas;
  • Os serviços de rede móvel para telefonia ou internet funcionavam em 87,9% dos domicílios no Amazonas, em 2019. No mesmo ano, na Região metropolitana de Manaus, estes serviços funcionavam em 95,9% dos domicílios;
  • 28,6% do total de pessoas que não utilizavam o serviço de internet, não faziam uso do serviço porque consideram caro; 27,5%, por não terem interesse; 22,9%, porque não sabiam utilizar, e 19,6%, porque o serviço não estava disponível;
  • 9,4% do total da população com 10 anos ou mais não tinham celular porque o serviço não estava disponível;
  • 92,2% tinham televisão no Amazonas, em 2019; número inferior a 2016, quando 94,1% tinham TV. Além disso, 32,9% possuíam TV por assinatura, no Amazonas, em 2019; em 2016, eram 31,5%.
  • 90,7% tinham telefone no domicílio, no Amazonas; número superior apenas ao do Acre, Pará e Maranhão.
Compartilhar
Tags

Mais lidas

Recentes

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.