sexta-feira, 19 abril, 2024
sexta-feira, 19 abril, 2024

Escritores mirins lançam mais uma edição do livro Novos Talentos, neste sábado (28)

Em

Com o título “Diferentes Olhares Sobre o Mundo”, o Colégio Martha Falcão lança, na manhã deste sábado (28), mais uma edição do livro Novos Talentos, uma coletânea de textos escritos pelos alunos. O evento acontecerá às 8h30, no auditório Nelson Falcão, localizado na sede da instituição, na avenida Salvador, 455, Adrianópolis. Neste ano, o projeto completa 23 anos e celebra o incentivo à leitura e escrita, além de dar voz às crianças e adolescentes.

A diretora do Colégio Martha Falcão, a professora Nelly Falcão de Souza, destaca que o Novos Talentos é apenas uma das iniciativas da instituição realizadas ao longo do ano e que busca ampliar horizontes e apresentar um novo universo aos seus alunos. 

E é essa perspectiva de mundo que a edição Novos Talentos desse ano vai traduzir por meio de palavras. O livro traz a ótica dos alunos do Ensino Fundamental e Médio sobre preocupações com relação a problemas sociais e ambientais.

“Além disso, a leitura e a escrita ainda contribuem para o desenvolvimento da concentração, memória, raciocínio e compreensão, estimula a linguagem oral e amplia a capacidade criativa das nossas crianças e jovens”, comenta a educadora.

O prefácio do livro deste ano foi escrito pela professora amazonense Raimunda Gil Schaeken. Durante o lançamento do Novos Talentos, a educadora também estará lançando um livro de sua autoria, o “Feliz Por Ser Professora”.

Raimunda é membro da Associação dos Escritores do Amazonas (ASSEAM), da Associação Brasileira de Escritores e Poetas Pan-Amazônicos (ABEPPA), da Academia de Letras, Ciências e Artes do Amazonas, da Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil (AJEB), da Academia de Letras e Culturas da Amazônia, e da Academia de Letras do Brasil/AM.

“No Novos Talentos, os textos dos primeiros anos do Ensino Fundamental, as crianças falam da expressão do amor e felicidade pessoal, amor ao colégio, onde se aprende a solidariedade, o respeito, o amor e o cuidado com a natureza”, conta a professora.

Na sequência, os textos expressam preocupação com a fome, violência, bullying nas escolas, e guerra entre nações. “E trazem sugestões de como salvar o mundo, semeando o amor, a ajuda ao próximo, o cuidado com os animais e o planeta”, disse Raimunda.

Já os alunos do Ensino Médio destacaram os impactos da invisibilidade social e a intolerância. Os textos sugerem a necessidade de diálogo entre a sociedade e o Estado, além de ações que visam a conscientização da população, sobretudo da juventude, a respeito dos direitos e deveres humanos, e da desigualdade social, e salarial do Brasil.–

Compartilhar
Tags

Mais lidas

Recentes

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.