quarta-feira, 17 abril, 2024
quarta-feira, 17 abril, 2024

Hip Hop de Manaus ganha obra histórica com lançamento no Palácio Rio Branco

Em

Hip Hop de Manaus ganha registro histórico. O dia 4 de novembro promete ser um marco cultural para a cidade de Manaus. Às 16h, no emblemático Palácio Rio Branco, será lançado o livro “Hip Hop Manaus Anos 80, Uma Cultura de Rua e Popular”, uma obra meticulosamente escrita pelo historiador e ícone do hip hop local, Richard Adriano de Souza, também conhecido como Adriano Art96.

O livro, que é fruto da dissertação de Mestrado em História Social, defendida por Richard na Universidade Federal do Amazonas, em 2016, desvenda as facetas socioeconômicas da cultura hip hop em Manaus. Por meio de 14 entrevistas perspicazes, Richard desvela uma Manaus multifacetada – uma cidade que transcende o underground, mergulhando nas subculturas do skate, rock, breakdance.

“Quis mostrar a complexidade de uma cidade isolada geograficamente, situada no coração da Amazônia, mas ao mesmo tempo vibrante, urbana e cheia de contrastes. Através do hip hop, explora esses bolsões de pobreza cercados por ilhas de prosperidade, e como essa arte se tornou uma voz para muitos jovens”, destaca o autor.

A obra não se limita a uma narrativa histórica; ela explora conceitos como globalização, hibridismo cultural, identidade e marginalização social, fornecendo uma base sólida para a compreensão do conhecimento do hip hop em Manaus. “Meu objetivo foi além de contar uma história. Quis provocar reflexões sobre como a cultura e a arte podem ser meios de expressão e transformação social”, afirma Adriano Art96.

O autor

Richardson Adriano de Souza, ou Adriano Art 96, nasceu em Manaus em 1975. Vivenciando diversas camadas sociais da cidade, desde os bairros do Alvorada 1, 2, 3, até a Praça da Saudade, Richard foi um pioneiro no movimento Hip Hop Manaus. Líder do movimento de 1997 a 2013, ele se destacou não só como dançarino de break (popping e locking), mas também como uma voz ativa na promoção de políticas públicas para a juventude.

Sua trajetória também inclui a produção e apresentação do programa “Amazonas Hip Hop”, mais tarde renomeado para “Comunidade Hip Hop”, o primeiro do gênero em Manaus. Com graduação em História pela Universidade Federal do Amazonas e atualmente Doutorando em História Social, Richard segue contribuindo com a cultura hip hop através de pesquisas e publicações.

Aberto ao Público
O livro “Hip Hop Manaus anos 80, Uma Cultura de Rua e Popular” possui 270 páginas e será lançado em uma edição limitada de 200 cópias.

A entrada para o evento de lançamento é franca, abrindo as portas para todos os interessados em mergulhar nas raízes culturais e históricas de Manaus através do olhar de um de seus mais expressivos representantes. Mais informações pelo 97-98437-2154. Hip Hop de Manaus ganha registro histórico

Compartilhar
Tags

Mais lidas

Recentes

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.