domingo, 14 julho, 2024
domingo, 14 julho, 2024

Para senador, apagão pode ter sido causado por demissões na Eletrobras

Em

O senador Plínio Valério (PSDB-AM) alertou, em pronunciamento no Plenário na quarta-feira (16), para a possibilidade de o apagão que atingiu todo o território nacional na manhã de terça (15), ter sido causado pela falta de técnicos na Eletrobras. O senador destacou que, após a privatização da empresa, em 2022, houve demissão em massa de funcionários.

— Não é brincadeira o corte de energia elétrica em 8 milhões de quilômetros quadrados, atingindo dezenas de milhões de brasileiros. Mesmo desconhecendo as causas imediatas do desligamento das linhas, estamos cientes do desligamento dos técnicos necessários para manter o sistema em funcionamento. E é em nome desses técnicos que eu peço que a Eletrobras reavalie a demissão. Essa pode ter sido uma das causas, porque já não há mais assistência técnica, já não há revisão como havia antigamente — disse.

De acordo com o senador, o Ministério de Minas e Energias chegou a solicitar à Eletrobras, em 20 de julho, que suspendesse os desligamentos, mas não foi atendido. Ele destacou que a pasta mencionava expressamente a preocupação com o sistema elétrico, dada a saída de profissionais qualificados.

— Desconhece-se a reação da empresa, embora se saiba que está em curso um programa de demissão voluntária de 1,5 mil profissionais. E todo mundo sabe também que esse tipo de demissão não é assim tão voluntária ­— afirmou.

Plínio lembrou que votou contra a privatização da empresa. Para ele, a Eletrobrás está apenas pensando nos lucros e em beneficiar os diretores.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Agência Senado

Compartilhar
Tags

Mais lidas

Recentes

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.