quarta-feira, 28 fevereiro, 2024
quarta-feira, 28 fevereiro, 2024

PGE-AM lança livro em comemoração pelos 10 anos do Programa de Residência Jurídica da instituição

Em

A Procuradoria Geral do Estado (PGE-AM), por meio da Escola Superior de Advocacia Pública (ESAP), promoveu, nesta terça-feira (21/11), no auditório da instituição, o lançamento da obra “Temas de Direito Público”, uma homenagem aos 10 anos do Programa de Residência Jurídica da PGE-AM. O livro traz 25 artigos escritos por procuradores do Estado, residentes e ex-residentes jurídicos.

O lançamento da obra acontece dentro do mês das comemorações pelos 51 anos da PGE-AM, cujo aniversário ocorreu no último dia 13. “Hoje já temos vários(as) ex-residentes que alcançaram voos maiores. Há aprovados na magistratura, no Ministério Público, na Defensoria Pública e principalmente na Advocacia Pública. Esse programa vem servindo como um grande formador de advogados e advogadas públicos”, destaca o procurador-geral do Estado, Giordano Bruno Costa da Cruz.

A Residência Jurídica da PGE-AM foi a primeira do país criada por lei, no caso, a Lei Estadual nº 3.869/2013. “Essa lei foi, posteriormente, reconhecida como constitucional pelo Supremo Tribunal Federal. O reconhecimento da sua constitucionalidade foi muito importante para a criação de um marco jurídico que trouxe segurança para que as demais instituições do Brasil pudessem criar suas próprias residências jurídicas”, explica o Procurador do Estado Ticiano Alves.

Ticiano Alves recorda que ajudou a criar a Residência Jurídica da PGE-AM. “Em 2013 eu estudei o modelo da PGE do Rio de Janeiro e levei a ideia até o procurador-geral do Estado, na época, o doutor Clóvis Smith Frota Júnior. Ele se entusiasmou e disse: vamos fazer!”.

A atual diretora da ESAP, Procuradora Heloysa Simonetti Teixeira, destaca a importância do programa para a formação dos residentes. “A ESAP tem se dedicado a oferecer aos alunos-residentes temas modernos e de grande relevância para o exercício da carreira jurídica, alinhando a prática do cotidiano da PGE com as matérias que são expostas pelos nossos professores”, afirma.    

A residência jurídica caracteriza-se como treinamento em serviço, abrangendo atividades de ensino, pesquisa e extensão, geridas pela ESAP. Os alunos-residentes assistem aulas, palestras, além de outras atividades, bem como recebem orientações teóricas e práticas sobre o exercício da advocacia pública, por meio de atividades de apoio aos Procuradores do Estado. 

Seleção em aberto

O Programa de Residência Jurídica da PGE-AM está com o 9º Exame de Seleção aberto, com inscrições até o dia 1º de dezembro. A prova está marcada para acontecer no dia 17 de março. Estão sendo ofertadas 20 vagas, sendo duas destinadas a pessoas com deficiência. Maiores informações podem ser obtidas no site www.pge.am.gov.br, na aba da ESAP.

Compartilhar
Tags

Mais lidas

Recentes

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.