domingo, 26 maio, 2024
domingo, 26 maio, 2024

Prefeito de Manaus lança principal estrutura do píer turístico nas águas do rio Negro

Em

O prefeito de Manaus, David Almeida, lançou, nesta sexta-feira, 19/4, a estrutura principal do píer turístico no rio Negro, que integra o mirante Lúcia Almeida, localizado no centro histórico da cidade. O projeto faz parte do programa “Nosso Centro”, que tem como autor o Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb).

“Fizemos o lançamento da balsa principal do píer ‘Manaus 355’ que será acoplada no mirante Lúcia Almeida. Essa estrutura faz parte da segunda etapa daquela magnífica construção que marca uma nova fase do turismo da nossa cidade. A expectativa é que até o final de junho, toda a estrutura esteja pronta para começar a receber as embarcações turísticas”, explicou Almeida.

A construção do píer está sendo feita em um estaleiro no bairro Compensa, zona Oeste, e envolve um total de três frentes de obras, incluindo o porto, as pontes e as poitas. As 14 poitas que vão ancorar as estruturas do píer já estão ao redor do mirante.

A primeira estrutura, a do maior atracadouro (flutuante), mede 12 metros por 80 metros, pesando quase 300 toneladas. Será esse atracadouro que vai ser lançado nas águas e ficará ancorado no próprio estaleiro, esperando a conclusão da pintura das pontes flutuantes.

A prefeitura avança na conclusão do primeiro píer turístico da capital amazonense, que será instalado no complexo de São Vicente, no início da avenida 7 de Setembro, Centro, zona Sul. O píer faz parte da primeira etapa das intervenções do “Nosso Centro”, lançado pela gestão do prefeito David Almeida, em 2021, e em fase de finalização para entrega.

Poitas

A poita é um objeto usado como peso submerso, para ancorar embarcações, boias, plataformas e outros. Neste caso, as 14 poitas vão ancorar as estruturas do píer, permitindo sua flutuabilidade com a subida e descida das cotas do rio Negro. Posteriormente, as poitas serão lançadas no rio Negro em suas posições definitivas.

As poitas funcionam como as âncoras onde o porto ficará amarrado, ficando no meio do rio. Além do atracadouro principal, o píer tem mais três pontes de ligação, sendo uma de 75 metros (160 toneladas) e outras duas de 60 metros (115 toneladas, cada). Outros dois flutuantes de apoio para a ligação das pontes medem 18 metros x 12 metros e pesam 62 toneladas, cada.

Toda a operação turística que envolve a hidrografia da Amazônia chegará e partirá desse píer turístico. Ele terá essa função de dar um suporte adequado, com segurança e com conforto para as operações do turismo em Manaus. Terá integração imediata ao mirante Lúcia Almeida e todas as atividades no largo de São Vicente. Ele passa a ser uma referência para o trade turístico voltado ao movimento da orla de Manaus e todo o entorno da capital.

Dimensão

Com dimensões surpreendentes, a capital amazonense vai ganhar seu primeiro píer turístico. A estrutura metálica vai compor o mirante Lúcia Almeida, inaugurado no último dia 4 de abril. O píer será uma estrutura de atracação de embarcações de pequeno e médio portes, voltado para o trade turístico e de pacotes fluviais no Centro e entorno.

Projetos

O píer turístico será montado no mirante no primeiro semestre deste ano, quando o rio Negro estiver com uma cota mais alta, e a estrutura vai permitir que o turista, visitante e morador da cidade desembarquem na ilha de São Vicente e já passem a vivenciar uma parte da história de Manaus.

Compartilhar
Tags

Mais lidas

Recentes

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.