segunda-feira, 27 maio, 2024
segunda-feira, 27 maio, 2024

Prefeitura oferta profilaxia pós-exposição ao HIV em quatro unidades de saúde

Em

Profilaxia pós-exposição ao HIV. Ampliando a oferta de Profilaxia Pós-Exposição ao HIV (PEP) na rede básica de saúde, a Prefeitura de Manaus começou a disponibilizar o serviço, no início de agosto, também na clínica da família Desembargador Fábio do Couto Valle, no bairro Jorge Teixeira, zona Leste. Desde o dia 3/7, a PEP já estava sendo oferecida em outras três unidades de saúde da rede municipal: Ajuricaba, zona Oeste; Carmen Nicolau, zona Norte; e Dr. Luiz Montenegro, zona Sul.

A técnica responsável pelas ações de Controle do HIV/Aids da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), enfermeira Rita de Cássia Castro de Jesus, explicou que a PEP é uma medida de prevenção de urgência e consiste no uso de medicamentos antirretrovirais para reduzir o risco de adquirir a infecção pelo HIV.

Saiba mais

“A PEP deve ser iniciada com os medicamentos antirretrovirais em no máximo 72 horas após a exposição ao risco. Nas quatro unidades de saúde da rede municipal com oferta da PEP, o serviço é direcionado para pessoas que não fizeram uso do preservativo na relação sexual ou em situações em que houve o rompimento do preservativo”, explicou Rita de Cássia.

A enfermeira lembra ainda que no caso de demanda por PEP Ocupacional, quando ocorre acidente envolvendo instrumentos perfurocorantes ou contato direto com material biológico de risco envolvendo profissionais de saúde, ou por PEP em caso de violência sexual, já existe um fluxo de atendimento em outros serviços de saúde.

Atendimento

Após um mês da oferta do serviço nas Unidades de Saúde Ajuricaba, zona Centro-Oeste, Carmen Nicolau, zona Norte, e Dr. Luiz Montenegro, zona Centro-Sul, 16 pessoas utilizaram a PEP em casos de relação sexual desprotegida.

O tratamento da PEP é feito com dois medicamentos que devem ser tomados diariamente por um período de 28 dias. Após esse período, a unidade de saúde continua o acompanhamento por mais seis meses, quando será possível concluir se houve ou não a infecção.

“A tomada da medicação vai impedir que o vírus HIV alcance o sistema imunológico, evitando a sua disseminação no organismo. Quando o tratamento é feito de forma correta, a proteção contra a infecção tem uma efetividade de mais de 95%”, destacou Rita de Cássia.

PrEP

Além da PEP, as Unidades de Saúde Fábio do Couto Vale, Ajuricaba, Carmen Nicolau e Dr. Luiz Montenegro também oferecem a Profilaxia Pré-exposição ao HIV (PrEP), que é uma estratégia que reduz em mais de 90% o risco de infecção pelo HIV e consiste no uso diário de medicação antirretroviral.

De acordo com o protocolo clínico do Ministério da Saúde para a PrEP, o serviço tem como público-alvo pessoas a partir de 15 anos de idade que apresentem contextos de risco aumentado para infecção pelo HIV, como é o caso de pessoas que frequentemente não usam preservativos em suas relações sexuais, apresentam históricos de episódios de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) ou em contextos de relações sexuais em troca de dinheiro, moradia etc.

Endereço de Unidades de Saúde com oferta de PEP e PrEP:

Clínica da Família Carmen Nicolau – Rua Santa Tereza Davila, s/nº, bairro Lago Azul, zona Norte;

UBS Dr. Luiz Montenegro – rua Pico das Águas, nº 527, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul;

UBS Ajuricaba – rua Gusmânia, s/nº, conjunto Ajuricaba, bairro Alvorada, zona Centro-Oeste;

Clínica da família Desembargador Fabio do Couto Valle, avenida Brigadeiro Hilário Gurjão, s/nº, bairro Jorge Teixeira, zona Leste.

Compartilhar
Tags

Mais lidas

Recentes

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.