sexta-feira, 12 abril, 2024
sexta-feira, 12 abril, 2024

Roca Brasil Cerámica aposta em tecnologia de ponta para apresentar suas coleções com estampas super realistas

Em

A Roca Brasil Cerámica segue com seu viés vanguardista diante das inovações que realiza. Em 2024, a evolução dos porcelanatos atinge um novo patamar de experiência tátil que, por sua vez, se torna uma verdadeira obra de arte. Pertencente ao Grupo Mexicano LAMOSA e à frente das marcas Roca Cerámica e Incepa, mais uma vez marca presença na Expo Revestir 2024, que acontece entre 19 e 22 de março, em São Paulo.

Com o pioneirismo que corre nas veias da empresa, o ano será, mais uma vez, marcado por avanço tecnológico em prol da fabricação de produtos que denotam o progresso dos revestimentos das marcas no mercado brasileiro. Combinado à sua expertise elevada na produção de porcelanatos e ao seu tornar a primeira empresa das Américas a de adquirir a tecnologia DDG (Digital Decoration & Glazing), que permite criar produtos com detalhes extraordinários e efeitos 3D, a Roca Cerámica lança 5 séries com Mineral LAB, elevando a estética a um patamar ainda mais sofisticado por conta dos relevos e efeitos formidáveis. “Continuamos trilhando o caminho da revolução dos materiais nos projetos de arquitetura. Com os investimentos que realizamos continuamente, o advento das técnicas de fabricação e nossa latente capacidade de ofertar o novo, já alcançamos impressões autênticas, mas sentimos que era o momento de atribuirmos mais sensações aos usuários”, diz Christie Silva Schulka, Marketing Manager da Roca Brasil Cerámica.

Assim, para surpreender os sentidos, a tecnologia Mineral LAB vai além do visual para valorizar a experiência do toque através de estruturas muito realistas. Composta por diferentes minerais nobres de origem italiana, a granilha empregada também entrega maior resistência ao escorregamento, mas sem a aspereza dos produtos tradicionais. “Essa fusão gera uma textura que também resgata a essência da arte cerâmica, resultando em peças com marcas únicas entre si. Sabemos que, por se tratar de materiais de aplicações longevas, todos esses atributos fazem a diferença nos projetos cada vez mais autênticos”, complementa Christie.

Outro destaque é o contínuo fortalecimento dos Superformatos, que no ano passado ganharam o reforço de duas novas dimensões: 160 x 160 cm e 160 x 320 cm no portfólio da Roca Cerámica. Uma vez que o mercado especificador brasileiro assimilou os benefícios dos Superformatos para os projetos, a ousadia muito bem fundamentada da Roca Brasil Cerámica abriu horizontes para explorar outras interfaces que vão muito além do clássico revestimento de pisos e paredes: a movelaria.

A introdução das maiores lâminas encontradas no Brasil é decorrente da aderência que os primeiros lançamentos de 120 x 120 cm, 100 x 200 cm e 120 x 250 cm encontraram no mercado e que também estão à disposição nas coleções da Incepa. “A altíssima qualidade assegurada por nossa equipe de desenvolvimento e as tecnologias que adquirimos resultam na realização de trabalhos ainda mais personalizados”, ressalta a Marketing Manager da Roca Brasil Cerámica.

Roca Brasil Cerámica em 2024

Sincronicamente com o lançamento de novas coleções para a Roca Cerámica e Incepa, que reproduzem o visual de pedras e mármores encontrados em todo o mundo, a Roca Brasil Cerámica promove o fortalecimento das linhas já existentes em seu portfólio. Como resposta ao contato direto que mantém com todas as ramificações do mercado, a empresa amplia o leque com as medidas de 60 x 120 cm, disponível nas duas marcas, assim como o tamanho 90 x 90 cm em algumas séries específicas.

“Com o propósito da personalização dos projetos, que enfatizamos tenazmente, sabemos da relevância de dispor, na mesma série, tanto os Superformatos, como as medidas padrões que também são consumidas pelo público em geral”, enfatiza Christie.

Revestimentos tecnológicos à prova de bactérias

Mais do que nunca, entendemos a importância de conter a contaminação cruzada que ocorre quando temos contato com uma superfície contaminada. Há certos itens em nossas casas que parecem inofensivos, mas que apresentam uma boa concentração de vírus e bactérias como o teclado do computador, celular, bolsa e carteira, tapetes e, claro, o chão. Sabendo da importância de oferecer o máximo de proteção possível para os seus clientes, a Roca Brasil Cerámica adicionou aos Superformatos (120 x 120 cm, 120 x 250 cm, 100 x 200 cm, 160 x 160 cm e 160 x 320 cm), das marcas Roca Cerámica e Incepa, a tecnologia exclusiva que protege as superfícies dos revestimentos contra vírus e bactérias por toda a vida útil do produto. —Trata-se do BioSafe, inédito no Brasil.

Série Ortiz, da Incepa, no Superformato 120 x 120 cm, conta com a tecnologia BioSafe inédita no Brasil, validada com base nas normativas internacionais como ISO 21702 e Jis Z 2801, disponível nos Superformatos 120 x 120 cm, 100 x 200 cm ,120 x 250 cm, 160 x 160 cm e 160 x 320 cm | Imagem: Divulgação Incepa

Capaz de eliminar 99% dos vírus em até 15 minutos, o BioSafe é um aditivo à base de nanopartículas de prata incorporado no processo de produção dos Superformatos em 2020. Graças à alta resistência dos porcelanatos, as peças podem ser aplicadas em superfícies como paredes, áreas internas e externas com grande circulação de pessoas e ambientes de alta umidade. É ideal para ambientes que exigem uma proteção extra ou com grande movimentação. Essa tecnologia inédita é validada com base nas normativas internacionais como ISO 21702 e Jis Z 2801, disponível nos Superformatos 120 x 120 cm, 100 x 200 cm ,120 x 250 cm, 160 x 160 cm e 160 x 320 cm.

Os Superformatos com tecnologia BioSafe são recomendados, principalmente, para banheiros, clínicas médicas, escritórios, áreas comuns e cozinhas, lembrando que esse último é um dos principais responsáveis pela contaminação cruzada. ”Buscamos sempre inovar e usar a tecnologia a nosso favor para oferecer produtos que contribuam para a saúde”, comenta a Marketing Manager da Roca Brasil Cerámica.

Baseada nos conceitos da química verde, a tecnologia foi validada seguindo normativas internacionais como ISO 21702 e Jis Z 2801. Ficou comprovado que os revestimentos com essas propriedades eliminam vírus e bactérias e minimizam o risco de transmissão de doenças. Os resultados das pesquisas demonstram a eficácia antiviral frente aos vírus do mesmo gênero e família do SARS-CoV-2 e da Influenza. A eficácia no combate ao adenovírus e bactérias também foram excelentes, sendo que em casos como a bactéria E. Coli, a taxa de sucesso chegou a 99%. “Com essas vantagens, nossos porcelanatos se mostram como escolhas perfeitas, higiênicas e seguras. Trabalhamos sempre em busca de oferecer a maior proteção e segurança para todos e a tecnologia BioSafe é um grande passo em nossa evolução”, finaliza Christie Schulka.

Compartilhar
Tags

Mais lidas

Recentes

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.