quinta-feira, 20 junho, 2024
quinta-feira, 20 junho, 2024

Estado estabelece critérios para a distribuição de usinas ao interior

Em

Para garantir a manutenção dos estoques de oxigênio no interior do Estado, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Saúde do Amazonas (SES-AM), estabeleceu critérios para a distribuição de cinco usinas independentes para a produção de oxigênio líquido, que serão instaladas nos municípios de Tefé, Tabatinga, Eirunepé, Lábrea e Carauari.

As cinco usinas doadas pelo Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, têm capacidade para produzir 26 m³/hora. O reforço ajudará a suprir a escassez de oxigênio, ocasionado pelo aumento no número de hospitalizações na rede pública estadual de saúde e da oferta de leitos.

De acordo com o secretário executivo de Assistência do Interior (SEAI) da SES-AM, Cássio Espírito Santo, a previsão da distribuição e instalação das usinas seguem o Plano Diretor de Regionalização (PDR) do Estado. As estruturas vão dar suporte assistencial, em unidades de saúde do interior, como parte das ações de enfrentamento à pandemia da Covid-19.

“Os critérios são que esses municípios são polos de saúde, outros são subpolos. São locais de difícil acesso, de difícil logística. O objetivo dessas usinas é atender os municípios do entorno de cada polo”, explicou o secretário.

A prioridade é a instalação em Tefé, uma vez que o município é localizado na região do Médio Solimões e somente tem acesso por via fluvial ou aérea, dependendo do abastecimento de cilindros de oxigênio.

A equipe da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) realiza visitas técnicas, até sexta-feira (22/01), para verificar as instalações das usinas de oxigênio em regiões do interior do Amazonas.

Demais regiões

O secretário da SEAI explica que os municípios de Coari, Itacoatiara, Parintins, Maués e Presidente Figueiredo realizaram a compra de usinas de oxigênio por conta própria. Já o município polo de Humaitá possui uma emenda parlamentar para a aquisição da usina.

No município de Manacapuru, que também é um polo, será instalada uma usina de requisição do Ministério da Saúde (MS), segundo Cássio Espírito Santo.

Compartilhar
Tags

Mais lidas

Recentes

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.