quarta-feira, 28 fevereiro, 2024
quarta-feira, 28 fevereiro, 2024

Mazé Mourão será a primeira madrinha da Banda da Bica em Manaus

Em

Mazé Mourão será a madrinha da Banda da Bica. A tradição do Carnaval em Manaus ganha um novo capítulo emocionante neste ano, com a renomada jornalista Mazé Mourão sendo anunciada como a primeira madrinha da Banda da Bica, do tradicional Bar do Armando. Em uma entrevista exclusiva, Mazé compartilhou sua história de amor pelo Carnaval e sua profunda ligação com o Bar do Armando e a Bica.

“Minha relação com o Carnaval vem desde criança. Meus pais amavam carnaval, gostavam de confraternizar com amigos, e eu cresci vendo meus irmãos desfilarem na Avenida Eduardo Ribeiro”, revelou Mazé, destacando sua longa trajetória de envolvimento com a festividade. A jornalista, que já desfilou no Rio de Janeiro e em Manaus, expressou seu carinho tanto pelo Carnaval quanto pelo Festival Folclórico de Parintins.

“A minha vida se entrelaça muito às festas populares, sabe? Tanto o carnaval, quanto o festival folclórico de Parintins, são minhas duas grandes paixões”

Quando questionada sobre sua relação com o Bar do Armando e a Bica, Mazé revelou que frequentava o local antes de ir morar no Rio de Janeiro, tornando-se parte da comunidade que se reunia no estabelecimento. “Passei a frequentar o Armando com as pessoas do jornal A Crítica porque todos os jornalistas se reuniam lá. Quando eu fui embora pro Rio, ficou um vazio muito grande na minha cabeça, era um amor muito grande que eu tinha pelo lugar”, compartilhou emocionada.

“O Armando e a dona Lourdes me tratavam muito bem. E todas as vezes que eu voltava para Manaus, eu tinha que passar lá no Armando. O Bar do Armando e a própria Bica exercem em mim uma história de amor, de fascínio, de querer bem”

A jornalista ressaltou a importância cultural do Bar do Armando ao ser reconhecido como Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado. “Não dá para o Bar do Armando ser colocado como qualquer bar. Ele tem que estar no roteiro turístico do Estado do Amazonas, ele tem que estar em todas as festividades, a Bica tem que ter todo o carinho do povo amazonense”, afirmou Mazé.

A emoção de Mazé atingiu seu ápice ao falar sobre o convite para ser a primeira madrinha da Banda da Bica. “Esse convite da Ana Cláudia me deixou muito surpresa. Me senti honradíssima, estou muito feliz. As pessoas têm me dado os parabéns, tem achado o máximo. Estou numa felicidade sem tamanho porque de repente me vi dentro do Carnaval em uma banda tão histórica e incrível”, revelou Mazé.

Ao ser questionada sobre os preparativos para o grande dia da Bica, Mazé afirmou estar se cuidando para dar o seu melhor. “Acredito que vou aguentar o rojão e vai ser o máximo”, brincou Mazé. “Estou tentando me preservar bastante, cuidando da minha saúde, tudo para dar o melhor de mim nos esquentas e no grande dia da Bica, que acontece di 3 de fevereiro”, disse a jornalista.

O convite para Mazé Mourão ser a primeira madrinha da Bica coincide com o ano em que a Bica se torna Patrimônio Histórico-Cultural do Amazonas, tornando esse momento ainda mais especial. Os amazonenses podem esperar uma participação vibrante e cheia de emoção da jornalista, marcando uma página memorável na história da Bica e do Carnaval manauara. O desfile acontecerá em frente ao Bar do Armando, no dia 3 de fevereiro, e terá como tema ‘A Bica cresceu, virou Patrimônio Cultural e vai zoar no Carnaval’.

“Todos nós do Amazonas devemos reverenciar o Bar e a Bica por ter conquistado este título e também temos que prestigiar as nossas festividades”

Compartilhar
Tags

Mais lidas

Recentes

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.