quarta-feira, 17 abril, 2024
quarta-feira, 17 abril, 2024

Produção de cinema do AM divulga inscrições para seleção de atores para filme

Em

Começa nesta terça-feira (19), a seleção de atores para um curta-metragem amazonense, que conta com recursos da Lei Paulo Gustavo.

O projeto busca atores, profissionais ou amadores, interessados em participar das filmagens que serão realizadas em comunidade ribeirinha de Iranduba, no interior do estado.

A obra será filmada na região do arquipélago de Anavilhanas, dotada de paisagens deslumbrantes, que serão usadas como sets do projeto cinematográfico.

Os perfis

São procurados crianças, de ambos os sexos, com perfis diversos, com destaque para caboclo e indígenas, com idades entre 10 e 14 anos.

A produção também busca o perfil de mulher, com traço indígena, com idade entre 40 e 65 anos.

“É uma grande oportunidade para artistas, tanto os que já começaram a trilhar uma carreira, como para aqueles que sonham em estrelar uma super produção de cinema, de vivenciar um set de filmagens por dias e participar de um projeto que reforça a grandiosidade dos povos originários”, destaca o produtor do filme, Francisco Santos.

A seleção

Os interessados devem enviar um vídeo de apresentação, de até 1 minuto, uma foto de rosto e uma foto de corpo inteiro para o WhatsApp (92) 99323-4849 até o dia 2 de abril.

O envio dos arquivos das crianças deve ser feito obrigatoriamente pelos pais ou responsáveis legais, que deverão se identificar no momento do contato com a equipe de produção.

“Nesse primeiro momento vamos avaliar os perfis que se adequam aos personagens, considerando voz e características físicas, e, mais para frente, vamos agendar um teste presencial para verificar as possibilidades dentro da proposta que estamos buscando”, explicou o também produtor, Bruno Vinícius.

Os perfis passaram por triagem e, após esse processo, a equipe de produção irá decidir quais perfis deverão seguir para a próxima fase presencial.

Equipe premiada

Parte da equipe do filme em pré-produção é composta por aristas que participaram da produção do curta-metragem “A Filha da Mãe D’Água”, que recentemente foi indicada ao Festival de Cinema Infantil 2024, promovido pela Copacabana Filmes e Produções.

A obra, que também é dirigida pelo cineasta Bruno Pereira, já circulou em mais de 20 festivais e carrega diversos prêmios, com destaque para o “3º É tudo criança” e o “14º Festival de Triunfo – Nordeste”.

Para o novo projeto, contemplado no edital Nº 01/2023 da Lei Paulo Gustavo – Chamamento Público para ações na área do audiovisual, incentivado pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, as intenções são ousadas.

“Estamos nos preparando para vivenciar algo muito grandioso com esse projeto e vamos juntos com os comunitários trabalhar para que a mensagem que queremos passar chegue ao grande público. Nosso intuito é valorizar o artista local e potencializar pautas importantes sobre o nosso povo”, finalizou Francisco.

Compartilhar
Tags

Mais lidas

Recentes

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.