terça-feira, 28 maio, 2024
terça-feira, 28 maio, 2024

Semed convoca 400 novos professores do cadastro de reserva

Em

A Prefeitura de Manaus divulgou a lista com os nomes dos 400 novos professores convocados para integrar o quadro da Secretaria Municipal de Educação (Semed). O chamamento é referente ao concurso público realizado pela Secretaria em 2017, com homologação do resultado final em 2018. A lista completa você confere aqui.

A princípio, o concurso foi destinado a preencher 400 vagas, sendo nomeados mais de 3 mil candidatos do cadastro de reserva. No total, já foram realizadas 26 convocações, sendo seis em 2020.

Desta vez, serão chamados 296 professores da Educação Infantil, quatro do 1º ao 5º ano, seis de Artes, 30 de Educação Física, três de Ensino Religioso, sete de Geografia, 12 de História, 17 de Língua Inglesa e 25 de Língua Portuguesa.

Auxílio Conectividade

Com o compromisso de qualificar o ensino oferecido aos alunos matriculados na rede municipal de educação, o prefeito de Manaus, David Almeida, assinou o Projeto de Lei que visa a criação do programa “Auxílio Conectividade”, que destinará R$ 70, durante 10 meses, para quase oito mil professores.

O evento aconteceu no Centro de Cooperação da Cidade (CCC), localizado na zona Centro-Sul de Manaus, e contou com a presença do chefe da Casa Civil, Tadeu Silva, e do presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), o vereador David Reis.

David Almeida ressaltou que o objetivo da iniciativa é permitir que os profissionais da educação, em pleno exercício de suas funções, tenham acesso à internet, para realizar suas atividades laborais, enquanto as aulas da rede municipal seguirem de forma remota, como medida de prevenção à Covid-19. Para isso, ele enviará ainda nesta quarta-feira o projeto à CMM.

Caso aprovado, o auxílio será inserido no contracheque dos servidores da Semed contemplados pelo programa.

De acordo com Pauderney Avelino, a prefeitura está trabalhando para, a cada dia, melhorar a qualidade do serviço oferecido para os estudantes municipais. Uma das medidas adotadas foi o convênio com o Google, que disponibilizará cursos de formação para 40 professores. Eles aprenderão a trabalhar com as diversas plataformas da empresa e serão certificados para ministrar o mesmo curso para os demais professores, multiplicando assim o aprendizado.

Questionado sobre o valor do auxílio, o secretário informou que os R$ 70 serão suficientes para que o professor contrate um plano de internet de 20 gigas, quantia 200 vezes maior que a oferecida hoje nas escolas municipais.

“Esse trabalho está sendo feito para termos eficiência em nossa gestão educacional. Esse é um valor que vai dar, com uma certa folga, para o professor contratar o seu plano. Vamos conduzir esse processo e já temos uma base de custo. Então, temos essa certeza de que ele vai contratar 20 gigas, o que é 200 vezes o que chega hoje na escola. Continuamos em negociação com as operadoras e podemos sim, ampliar essa velocidade”, disse Avelino.

 

Compartilhar
Tags

Mais lidas

Recentes

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.