sábado, 15 junho, 2024
sábado, 15 junho, 2024

Temporada de pesca esportiva deve atrair 30 mil turistas ao Amazonas

Em

Com a expectativa de atrair 30 mil turistas para o Amazonas, inicia neste mês de setembro a temporada de pesca esportiva no estado. O Amazonas detém oito recordes mundiais de comprimento de tucunaré-açu e se destaca por ser banhado pela maior bacia hidrográfica do mundo. O esporte movimenta cerca de R$ 500 milhões em receita direta e indireta, segundo dados da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur).

Turistas nacionais e internacionais desembarcam no Amazonas em busca do maior peixe de espécies como Tucunarés, Pirapitinga e os imponentes Bagres, incluindo Piraíba, Jaú e Pirarara. A expectativa é movimentar, durante a temporada que acontece de setembro a março, cerca de R$ 500 milhões de reais direta e indiretamente.

Além dos oito recordes mundiais de comprimento reconhecidos pela International Game Fish Association (IGFA Records), o Amazonas ainda detém o recorde de peso 13,19 quilos na categoria “ataque total” (all-trackle em inglês), em Santa Izabel do Rio Negro (a 630 quilômetros de Manaus).

De acordo com o presidente da Amazonastur, Ian Ribeiro, a pesca esportiva é uma atividade que combina emoção e preservação, engajando pescadores em um desafio que vai além da captura.

“O cerne dessa prática é a devolução cuidadosa dos peixes às águas, garantindo a sustentabilidade do ecossistema amazônico e promovendo o ciclo natural das espécies. Esse compromisso ganha fidelidade particular na região, reforçando a importância da Amazônia como um tesouro natural a ser preservado. Além disso, a atividade movimenta a economia no interior do Amazonas”, afirmou o presidente.

FOTOS: Divulgação/Amazonastur

Em busca da excelência no serviço turístico, a Amazonastur já qualificou, entre maio e julho, 110 condutores de pesca esportiva, em municípios como Careiro, Rio Preto da Eva, Novo Aripuanã e Nhamundá. A parceria com a Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) capacita os condutores sobre a história e importância da atividade, legislação da pesca esportiva, biologia do tucunaré, montagem de equipamentos, tipos de isca, técnicas de arremesso, manuseio do peixe capturado, além de orientações sobre a devolução do peixe à água. Além de fornecer orientações sobre o monitoramento do diário de bordo, a arte do atado e o correto posicionamento da embarcação.

Importância Social

De acordo com o diretor da Agência de Turismo Ecológico Rio Negro Lodge, Lauro Rocha, a temporada de pesca tem uma valiosa importância social, econômica e cultural.

“Essa temporada de pesca tem uma importância social, econômica e cultural significativa para grande parte da população, especialmente para aqueles que residem nas cidades próximas às áreas de pesca, assim ajudando na economia local. Além disso, ela contribui para a conscientização sobre a preservação das espécies”, afirmou Rocha.

Para garantir que a pesca esportiva seja conduzida de maneira regulamentada e sustentável, Rocha ressalta: “A pesca esportiva tem como foco o pesque e solte, e é conduzida de maneira regulamentada através de decretos e legislação já existentes.”

Encontre uma agência regularizada

Os turistas podem conferir ótimas opções com agências turísticas cadastradas no site https://cadastur.turismo.gov.br/ ou buscar o roteiro perfeito, pelo WhatsApp, no chatbot Amazonas to Go, disponível 24h, todos os dias, pelo QR Code https://qrfacil.me/Qqdds6kr ou, ainda, em cartazes espalhados nos principais atrativos turísticos do Amazonas.

O Amazonas to go é uma iniciativa do Governo do Amazonas, por meio da Amazonastur, que auxilia o turista a conhecer os atrativos turísticos, hospedagens, telefones úteis e muito mais.

Compartilhar
Tags

Mais lidas

Recentes

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.