quarta-feira, 17 abril, 2024
quarta-feira, 17 abril, 2024

Wilson Lima e o vice-presidente Alckmin entregam nova unidade do projeto Água Boa em Iranduba

Em

O governador Wilson Lima, o vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Geraldo Alckmin, e ministros do Governo Federal, entregaram uma nova estrutura do projeto Água Boa, do Governo do Amazonas, na comunidade do Catalão, em Iranduba (a 27 quilômetros da capital). O purificador inaugurado, nesta quarta-feira (04/10), vai beneficiar, aproximadamente, 120 famílias e 480 pessoas.

“Essa água aqui é do rio, tratada”, informou o governador ao vice-presidente, que tomava um copo da água oriunda do purificador. Wilson Lima também explicou que a estrutura possui uma caixa para armazenar 5 mil litros de água captada, que passa por um purificador e fica apta para o consumo humano, e também uma bomba para distribuição.

Acompanharam o governador na agenda, além do vice-presidente Alckmin, os ministros Marina Silva (Meio Ambiente e Mudança Climática), Sônia Guajajara (Povos Indígenas), Waldez Góes (Integração e Desenvolvimento Regional), Silvio Costa Filho (Portos e Aeroportos), Alexandre Silveira (Minas e Energia), José Mucio Monteiro (Defesa) e outros representantes do Governo Federal, que vieram acompanhar a situação da estiagem no Amazonas.

Também estiveram presentes o senador Omar Aziz; os deputados federais Amom Mandel, Sidney Leite e Saullo Viana; o secretário executivo da Defesa Civil, cel. Francisco Máximo; e o prefeito de Manaus, David Almeida.

Somente neste período de estiagem, 29 estruturas do tipo já foram entregues pelo Estado, por meio da Defesa Civil do Amazonas, beneficiando 1 mil famílias nos municípios de Uarini (2), Urucurituba (3), Careiro da Várzea (7), Itacoatiara (3), Codajás (5), Fonte Boa (8) e Iranduba (1), beneficiando 4 mil pessoas e 1 mil famílias, aproximadamente.

Funcionamento

Os novos purificadores funcionam com base em um sistema bem simples, que coleta a água diretamente dos rios e a leva, por meio de tubos, para uma caixa d’água, que passa pelo processo de separação de impurezas.

Com a água já clara, ela recebe a adição de cloro para ser desinfectada. Em seguida, passa por um filtro que contém minerais para realizar uma maior purificação. Após isso, basta ligar a torneira e a água, totalmente tratada, está potável e pronta para o consumo.

Os agentes da Defesa Civil estadual também orientam os moradores quanto ao funcionamento, a manutenção e a realização do procedimento de limpeza da água.

Projeto Água Boa

Idealizado e implementado na gestão do governador Wilson Lima, a partir de 2019, o projeto Água Boa conta com unidades implantadas da Defesa Civil e da Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama).

Atualmente, a Defesa Civil contabiliza, aproximadamente, 400 purificadores instalados em 49 municípios do estado. Por parte da Cosama, o projeto Água Boa está presente em 13 municípios do interior, atendendo 27 comunidades ribeirinhas com 33 sistemas instalados.

Compartilhar
Tags

Mais lidas

Recentes

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.