sexta-feira, 12 abril, 2024
sexta-feira, 12 abril, 2024

Incubadora Gastronômica da Faculdade Senac Amazonas é destaque em eventos científicos nacionais e internacionais

Em

Pautados pela sustentabilidade, inovação na produção, distribuição e consumo de alimentos, a faculdade de tecnologia Senac Amazonas por meio do curso superior de gastronomia consolidou a ‘Incubadora Gastronômica Senac- Biatüwi’ com ações de assessoria de alimentação segura, serviços de garçom, elaboração de cardápios e fichas técnicas, e de atendimento ao cliente.

Além do suporte técnico gerencial e formação complementar das habilidades, preservando a adequação do restaurante às tradições indígenas, as ações de aceleração na Casa de Comida também oportunizaram a elaboração de trabalho científico sobre as cadeias de suprimentos das formigas Sahai e Maniwara, principais elementos que compõem as iguarias do restaurante indígena.

O artigo científico ‘Cadeia produtiva de insumos extrativos da floresta amazônica: o caso das formigas Sahai e Maniwara’, fruto da cooperação técnica entre Senac Amazonas, Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e Universidade Federal do Amazonas (UFAM), foi apresentado na Conferência POMS e MIT – SCALE 2023-24 América Latina e Caribe, na 33ª Conferência IPSERA e no III Encontro de Pesquisa em Estratégia e Sustentabilidade com a participação dos professores Aristides Junior (UFAM) e Fabiana Lucena (UEA) bem como de seus alunos Júlio César e Adria Araújo.

Os eventos científicos, realizados em março, estão relacionados à produção, manufatura, gestão de operações e gestão da cadeia de suprimentos.

Sobre o Biatüwi

Localizado no centro histórico de Manaus, é o primeiro restaurante do Brasil a servir a comida tradicional indígena do Baixo Amazonas e Alto Rio Negro.

Compartilhar
Tags

Mais lidas

Recentes

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.